dentista periodontia

Dentista periodontia deve estar presente na sua rotina

Graças a tecnologia presente nos dias de hoje, a odontologia dispõe de muitos métodos e técnicas capazes de sanar diversos problemas que estão relacionados diretamente com a saúde bucal. Certos de que ainda existe uma resistência e até medo de irem ao consultório, pacientes escolhem com cuidado o profissional que vai acompanhá-los pelo resto da vida para cuidar da boca. E um profissional que estará sempre ao seu lado quando um problema na gengiva surgir, é o dentista periodontia.

O que faz um dentista periodontia?

O dentista periodontia é o profissional especializado em periodontia, que se baseia em tratamentos e procedimentos para curar infecções e inflamações nas gengivas, que são tecidos que recobrem o osso e permitem a sustentação dos seus dentes. Normalmente, o dentista periodontia é indicado para pessoas que não fazem a correta higienização bucal. Fora isso, eles são recomendados quando o indivíduo têm outros hábitos que afetam as gengivas, como:

  • Fumar;
  • Tensão diária;
  • Baixa imunidade;
  • Má alimentação.

Com esses hábitos, as bactérias e os germes são mais propensos a se proliferarem, causando danos não apenas para as gengivas, como também para toda a boca e, consequentemente, para o corpo de forma geral. Por isso, tenha marcado em sua agenda o contato de um dentista periodontia para futuros imprevistos.

Periodontite: o problema mais recorrente do dentista periodontia

O dentista periodontia normalmente trata a periodontite, que é uma doença bacteriana e infecciosa que atinge cerca de 50% das pessoas adultas. De grau leve, médio e alto, a periodontite se diferencia da gengivite (outro problema tratado pelo dentista periodontia) por se estender para os tecidos que dão suporte aos dentes da sua boca. Caso não seja tratada por um dentista periodontia, o paciente pode perder os seus dentes.

A periodontite têm muitos tipos, e os mais recorrentes são:

  • Periodontite crônica;
  • Periodontite agressiva;
  • Periodontite ulcerativa necrosante;
  • Periodontite apical aguda;
  • Periodontite juvenil.

Não se sabe ao certo como um indivíduo pode contrair uma periodontite e, por isso, consultas regulares com um dentista periodontia devem ser agendadas. Em todo o caso, é bom ficar atento aos sinais de uma periodontite, que podem ser: mau hálito, tártaro, sangramento gengival durante a escovação, pus, gosto amargo na boca, presença de aftas, entre outros.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende dentista periodontia: