radiografia dentaria

Radiografia dentaria e sua importância

Os exames clínicos contam com procedimentos que facilitam o devido diagnóstico pelo profissional médico responsável. Na especialidade odontológica, por exemplo, nem sempre é tarefa fácil identificar as patologias bucais, ainda mais quando estas não apresentam indicativos visualmente perceptíveis.

Por essa razão, muitos profissionais acabam solicitando exames como a radiografia dentaria, que oferecem um conjunto de informações mais precisas, contribuindo para uma análise e diagnóstico mais apurado. Dessa forma, o planejamento odontológico tem melhores fundamentos, transmitindo maior segurança ao paciente, além de apresentar melhores resultados.

Assim, a radiografia dentaria é prescrita quando o dentista se depara com qualquer tipo de situação em que seja necessário o diagnóstico de patologias que acometam a saúde bucal, como cáries, lesões ósseas, ou qualquer outro tipo de alteração.

Radiografia dentaria e seus tipos

Os exames de imagem como o raio-X são tão importantes para a especialidade odontológica quanto em outras áreas médicas. Por meio das radiografias dentarias o dentista consegue verificar as características dos ossos do paciente, assim como o posicionamento das raízes e presença de dentes inclusos.

As radiografias dentarias apresentam tipos distintos que podem ser mais adequados para diferentes situações. Elas não provocam dor e são procedimentos que oferecem baixo risco, desde que contem com aparelhos em boas condições assim como o uso de proteção.

Dentre os tipos de radiografias dentarias mais comuns estão:

  • Periapical;
  • Panorâmica;
  • Oclusal;
  • Tomografia computadorizada;
  • Interproximal.

Radiografia dentaria: afinal, a exposição a esse procedimento traz riscos à saúde?

Os exames que necessitam de radiografias expõem os pacientes a radiação, de modo que sempre surge a indagação sobre os riscos que tal exposição pode acarretar a saúde das pessoas.

Apesar da preocupação, a radiografia dentaria é um exame em que a quantidade de exposição à radiação é muito pequena, sendo ainda mais insignificantes quando comparadas aos exames médicos de modo geral. Dessa forma, pode ser considerado como um procedimento médico seguro em grande parte dos casos.

Vale lembrar que existem algumas limitações relacionadas a condições físicas e a idade do paciente, de modo que estas restrições dependem do tipo de técnica empregada. Por fim, apesar de existirem efeitos relacionados a radiação, o paciente que precisa passar por uma radiografia dentaria utiliza equipamentos de proteção como avental de chumbo durante o exame, de forma que a dose de exposição é reduzida.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende radiografia dentaria: