radiografia panorâmica dental

Radiografia panorâmica dental e sua serventia

A radiografia panorâmica dental é um exame muito útil por conseguir mostrar todos os ossos da região da boca, assim como as suas articulações e dentes, mesmo os casos em que estes se encontram inclusos.

Apesar de serem mais comumente utilizados para identificar dentes tortos e auxiliar no planejamento de tratamentos ortodônticos, esse tipo de exame também serve para avaliar a constituição óssea dos dentes, assim como a sua respectiva disposição. Desse modo, permite que problemas mais graves, como fraturas, infeções, casos de dentes impactados, cistos e tumores, possam ser identificados.

Por essas razoes, é muito comum que grande parte dos dentistas solicitem uma radiografia panorâmica dental antes de iniciar o tratamento ortodôntico, sendo este um exame já muito consagrado por auxiliar em diagnósticos da especialidade buco-maxilo-facial. Sendo assim, a falta da radiografia panorâmica dental pode comprometer o bom andamento de um tratamento odontológico, além de prejudicar a devida avaliação da arcada dentária por conta da falta de clareza da situação óssea do paciente.

Casos em que a radiografia panorâmica dental é indicada

Dada a sua simplicidade e relevância, a radiografia panorâmica dental costuma ser solicitada por diferentes profissionais frequentemente. São diversos os casos em que esse tipo de exame pode ser indicado, podendo ser elencados:

  • A verificação e constatação de patologias e anomalias dentais;
  • Avaliação das condições dos dentes do siso, verificando se há espaço suficiente na arcada dentária, ou se o terceiro molar se encontra incluso;
  • A detecção de lesões, patologias que acometam a região dos maxilares;
  • Planejamento pré-operatório de cirurgias da especialidade buco-maxilo-facial, como a cirurgia ortognática;
  • Avaliação de traumas.

Como é feita a radiografia panorâmica dental

O exame de radiografia panorâmica dental é bastante seguro devido a evolução das máquinas de raio-x, ao uso de equipamentos de proteção, como os aventais de chumbo e aos filmes mais sensíveis e sensores digitais que conseguem captar imagens mesmo com baixos níveis de radiação.

O procedimento seguido para realização do exame conta com o uso de um colete de chumbo, que serve de barreira e protege o paciente contra as radiações, a retirada de objetos metálicos e a utilização de uma peça de plástico colocada para afastar os lábios dos dentes. Nestas condições, o paciente é orientado a posicionar o rosto corretamente na região indicada do equipamento, de modo que a máquina faz o devido registro da imagem que será tratada e posteriormente analisada pelo dentista.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende radiografia panorâmica dental: