radiografia periapical

Descubra mais sobre a radiografia periapical

A radiografia periapical é a radiografia tirado dos dentes, de modo que as imagens deste exame reproduzem as partes da face vestibular e lingual sobrepostas. Esse tipo de radiografia consegue mostrar o dente completo, assim como o osso que se encontra ao seu redor. Desse modo, costuma ser muito empregada para indicar cáries, doenças periapicais e também a patologia periodontal.

De forma resumida, a radiografia periapical é um exame que permite a visualização radiográfica da anatomia de um dente, ou um grupo de dentes, compreendendo a região da coroa até o término da raiz, assim como as estruturas que se encontram na região adjacente. A radiografia periapical não tem restrição quando ao exame dos dentes, podendo ser qualquer um que se encontre na arcada dentária, seja ela superior ou inferior.

Porém, ao contrário da radiografia panorâmica, a radiografia periapical não consegue produzir uma imagem que abrange todos os dentes da arcada. Para isso, faz-se necessário a realização de várias radiografias que, juntas, permitem o estudo de uma região mais ampla.

Radiografia periapical ajuda no diagnóstico e avaliação de tratamentos

A solicitação da radiografia periapical costuma ser feita para auxiliar na avaliação de tratamentos, bem como para ajudar na análise e diagnóstico do paciente de forma a definir um planejamento a ser utilizado no tratamento de diversos tipos de problemas e doenças.

Dessa forma, a radiografia periapical ajuda a:

  • Diagnosticar casos de trauma que afetam a devida oclusão;
  • Identificar cistos, alguns tumores;
  • Avaliar as perdas ósseas;
  • Adaptação, troca e inserção de casos que necessitem de implantes dentários;
  • Diagnosticar problemas existentes na coroa do dente, em suas raízes e no osso alveolar;
  • Identificar a presença de cárie dentária e lesões ao redor da raiz dos dentes.

Radiografia periapical: posicionamento e técnicas

A qualidade do exame de radiografia periapical depende de alguns fatores, dentre eles o devido posicionamento radiológico. Sendo assim, é importante que o profissional responsável pela captura das imagens conheça e domine os planos e linhas do crânio, assim como os pontos anatômicos da região facial.

Conhecer e saber aplicar bem as técnicas periapicais da bissetriz e do paralelismo são fundamentais para que se localize a posicione da maneira mais adequada o paciente, obtendo melhores resultados para radiografias do crânio e região facial.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende radiografia periapical: