restauração dental

Restauração dental

A restauração dental consiste na reconstrução de um dente que está danificado, podendo auxiliar em casos de cáries ou fratura, por exemplo. O processo restaurador busca restabelecer a forma e a função normal de cada dente afetado. É importante pontuar que existem dois tipos de restauração: as diretas são feitas quando é possível adicionar o material diretamente no dente a ser restaurado, por outro, as indiretas são administradas em casos em que há uma cavidade ou maior desgaste, esses quadros requerem o preparado do material fora da boca, para depois ser alocado no dente.

Como funciona a restauração dental

Antes de mais nada, é importante ter em mente que esse tipo de procedimento só pode ser realizado por um especialista da área odontológica para que seja cumprido da maneira correta. Para iniciar a restauração dental, o dentista remove a parte do dente deteriorada, logo em seguida ele realiza a limpeza da região para que seja preenchida com o material restaurador; como última etapa do processo, os espaços em que as bactérias podem infiltrar-se são fechados. É importante saber que além de tratar dentes danificados, a restauração também ajuda a prevenir uma deterioração posterior. Os materiais restauradores mais populares são:

  • Porcelana;
  • Ouro;
  • Amálgama (prata);
  • Resinas comuns;
  • Resinas compostas (plástico).

Os cuidados depois de realizar a restauração dental

Logo depois de realizada a restauração, o dentista irá orientar como o paciente deve proceder nas primeiras horas após o tratamento. Dependendo do estado do dente, do material utilizado e principalmente da técnica aplicada, pode ser necessário que o paciente permaneça em jejum ou evite alguns alimentos por algumas horas.

No entanto, em grande parte dos casos já é possível comer imediatamente após deixar o consultório odontológico, com poucas restrições. Mas uma das principais recomendações depois de realizada uma restauração dental é para evitar a ingestão de alimentos ou bebidas com corantes naturais ou artificiais, isso porque esse tipo de elemento pode manchar ou escurecer o material utilizado na restauração dental, e uma vez que o material tiver sua cor alterada, além de não se parecer mais com os dentes naturais, não deixará outra alternativa senão substituí-lo.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende restauração dental: