selante odontológico

Selante odontológico

Os dentistas normalmente recomendam o selante odontológico como uma maneira de proteger os dentes das bactérias que contribuem para a formação de cáries dentárias. Na maioria dos casos, o selante é aplicado logo após a erupção do dente, geralmente entre os seis e doze anos. Porém, o selante odontológico também pode ser usado em crianças mais crescidas e até em adultos, caso os dentes apresentem sulcos muito profundos que possam aumentar o risco de cárie.

Esses selantes - tanto os resinosos como o cimento Ionômero - devem ser fixados na região oclusal, onde há o contato entre os dentes e os alimentos, principalmente nos primeiros molares e pré-molares dos dentes da parte traseira da boca, para que se comportem como uma espécie de barreira de proteção contra a ação das bactérias e ácidos provenientes dos resíduos alimentares, causadores da cárie dentária.

Como é colocado o selante odontológico

A aplicação do selante odontológico é completamente indolor e não exige uso de broca ou medicamentos anestésicos. Inicialmente, o dentista fará a limpeza da superfície do dente para remover placa e resíduos alimentares com uma pasta profilática específica e uma taça de borracha rotatória. Logo depois, o profissional irá isolar o dente, para então aplicar ácido fosfórico a fim de tornar a superfície do dente mais áspera.

Nessa etapa do processo, o dente terá a aparência de calcário. Logo depois, o profissional aplicará o selante odontológico na superfície do dente, obedecendo às instruções do fabricante para tal colocação. Se ele estiver usando material de selante fotoativado, ele precisará de uma luz ultravioleta para endurecer (polimerizar), essa etapa leva cerca de 30 segundos. Por fim, o dentista avaliará se o selante está adequadamente integrado à superfície dentária. As principais vantagens desse tipo de recurso são:

  • Proteção mais completa para os dentes;
  • Barreira efetiva contra cáries;
  • Previne infecções;
  • Ajuda em uma higiene bucal completa.

Quando e em quais dentes colocar o selante odontológico

A quantidade de dentes que poderá receber o selante odontológico depende da avaliação do dentista, que leva em consideração principalmente o risco de cárie. A Associação Dentária Americana (ADA) recomenda a selagem dos dentes primários de mordida, que são os molares, aos 6 e 12 anos. Entretanto, todos os dentes são suscetíveis a cárie e portanto a decisão pode ser realmente relativa, por isso a melhor coisa a se fazer é pedir a opinião do profissional.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende selante odontológico: